PUBLICADO POR Agência Evidence | jul, 29, 2020 |

Existe hoje no mercado uma série de testes disponíveis para diagnóstico do COVID-19. Por conta disso, várias dúvidas surgem a respeito de qual deve ser feito, em qual momento, como procede a parte da técnica do teste e sua comprovação.

Conheça quais são os testes que são realizados.

Teste por PCR para coronavírus

O RT-PCR é um exame que identifica a presença do vírus no organismo e a coleta é feita por meio de swabs de orofaringe (garganta) e nasofaringe (nariz), ou seja, um cotonete é introduzido gentilmente no nariz e na garganta do paciente para a coleta.

O ideal é que esse teste seja realizado entre o 3º e o 10º dia após o início dos sintomas. O teste por PCR para coronavírus é o mais confiável para detectar a presença do novo coronavírus sendo considerado padrão ouro. O resultado sai em torno de 4 dias úteis.

Sorologia Quantitativa

O teste sorológico quantitativo detecta anticorpos (IgA/IgM/IgG) ao invés do vírus. Ele é realizado por meio da coleta de sangue e o ideal é que seja feito em prazo mais extenso, pelo menos 14 dias após os primeiros sintomas, para a assertividade ser mais alta. O resultado sai em torno de 2 a 3 dias úteis. É um exame com maior especificidade, quando comparado a Sorologia por teste rápido.

 

Sorologia por teste rápido

A Sorologia por teste rápido para Covid-19 (IgM/ IgG) mostra o status imunológico de quem já teve o vírus ou foi exposto a ele, ou seja, ele detecta se o organismo da pessoa já produziu os anticorpos depois da infecção pelo vírus.

O teste rápido utiliza uma amostra de soro e deve ser feito a partir do 7º dia dos sintomas. O tempo de reação do teste é de 10 minutos. A vantagem desse teste seria a obtenção de resultados rápidos para a decisão da conduta.

No entanto, possuem sensibilidade e especificidade reduzidas em comparação as outras metodologias, por isso é considerado um teste de triagem.

 

É bom saber

As sorologias monitoram a fase da doença, ou seja, se o paciente for IGM positivo ele estará na fase aguda e transmissível.

Caso o resultado da sorologia seja negativo ou não-reagente, o médico pode solicitar uma nova coleta. Nem todas as pessoas que foram infectadas pelo novo coronavírus chegam a desenvolver anticorpos detectáveis pelos testes sorológicos de Covid-19 disponíveis. Em alguns casos o teste RT-PCR pode dar positivo e o sorológico negativo.

Estudos revelam a “possibilidade” de exames falso-positivos devido a interferência por anticorpos heterofilos e reações cruzadas, em caso de infecção por outros vírus. Por isso é muito importante ter um acompanhamento médico.

No Laboratório Bioanálise os exames estão sendo realizados através de drive-thru, por agendamento, para que se possa tomar as devidas precauções.

Laboratório Bioanálise, sua saúde em boas mãos.

TAGS: